artigos - 05/05/2023

A importância da gestão adequada do clima organizacional para a eficácia da negociação sindical

Edno Martins

Em nosso último trabalho, analisamos as diferenças entre a negociação sindical e os demais modelos de negociação que ocorrem no mundo corporativo, em razão de critérios objetivos, sejam eles estruturais, estratégicos ou ambientais.

Neste momento iremos discorrer brevemente sobre um destes critérios, igualmente importante para o sucesso e eficácia da negociação sindical: O Clima Organizacional da empresa bem como a sua adequada e necessária gestão.

Por definição, o Clima Organizacional é na verdade um conjunto de elementos mensuráveis do ambiente de trabalho, que quando percebidos pelos empregados no ambiente organizacional influenciam positiva ou negativamente a motivação, o comportamento, o comprometimento e a produtividade desses empregados.

Sendo assim, se o clima organizacional interfere de maneira impactante na motivação, comportamento, comprometimento e produtividade, podemos afirmar como toda a convicção que este mesmo fator impacta todo o processo negocial e seu deslinde favorável, especialmente porque estes mesmos fatores se comunicam com a interação e engajamento dos colaboradores com o sindicato laboral e poderão propiciar o início de manifestações, atos ou até mesmo paralisação das atividades corporativas por meio de um movimento grevista.

Quanto melhor o clima organizacional de uma empresa, mais fácil será o trabalho e a missão do negociador da empresa em razão da dificuldade ou até impossibilidade de paralisação dos trabalhos por meio de movimentos grevistas ou outras formas de paralisação.

Certo é que o profissional de negociação terá imensas dificuldades em conduzir um processo eficaz de negociação sindical sem que tenha como suporte estrutural uma condição de clima organizacional positivo e favorável em sua empresa.

Sabemos que em uma negociação sindical uma das condições de poder do sindicato dos trabalhadores está na possibilidade de mobilização e paralisação da categoria representada. Assim, quanto pior for o clima organizacional nas empresas, mais incerto será o resultado da negociação.

Portanto, antes de se iniciar qualquer negociação sindical é muito importante que a empresa tenha ferramentas e elementos capazes para a certificação e constatação das condições reais de clima organizacional que envolve o processo negocial que irá acontecer.

Também é muito importante que o negociador conheça não só as condições de clima organizacional, mas também o histórico da empresa em negociações passadas e seu desempenho.

As condições de clima organizacional poderão e deverão nortear a condução do processo de validação da estratégia e estabelecimento dos limites da negociação.

Uma condição de clima organizacional fragilizado certamente terá uma estratégia de negociação mais cautelosa e limites mais flexíveis para seu fechamento.

Daí emerge a importância de se estabelecer criteriosamente verificações de clima organizacional e um plano de ação para correções de possíveis desvios. Isto pode ser feito por meio de pesquisas de clima, pesquisas de amostragem por grupo focal, bem como outros elementos de comparação e medição do clima organizacional na empresa representada, antes de se iniciar o processo de negociação sindical.

Outros fatores que podem medir a positividade do clima organizacional são ações como: Café com o Presidente; Grupos de Debates Internos; Encontros com o diretor, Avaliação do Restaurante, Percepção Positiva dos Benefícios, Utilização do Ambulatório médico ou Plano de Saúde, Absenteísmo e Quantificação de Atestados Médicos.

O histórico de greves, assembleias e paralisações na empresa também é uma ótima ferramenta para análise do clima organizacional e suas consequências futuras na negociação.

Entrar em uma negociação sindical sem obter previamente a certificação da condição atual do clima organizacional da empresa é o mesmo que andar de olhos vendados em uma corda bamba.

Assim, podemos concluir que o clima organizacional das empresas se apresenta como um verdadeiro termômetro que se prestará a medir a temperatura da negociação sindical e certamente indicará qual a estratégia adequada ao momento negocial.

Muito Obrigado

Edno Martins

Advogado Especialista em Direito e Negociação Sindical

Abril/2023

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Noticias

Trabalhador trans tem direito a usar qual banheiro na empresa?

Advogado trabalhista explica o que a lei atual defende sobre a disponibilidade de sanitários de ac...

Ler mais
Noticias

Como combater o assédio moral no ambiente de trabalho?

Em artigo, o advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica como atender a lei e manter um ambiente de trabalho seguro e sau...

Ler mais
Noticias

Igualdade salarial entre homens e mulheres: a empresa precisa comprovar? Como?

Advogado trabalhista explica como as companhias devem se posicionar para cumprir a lei e as possíveis penalidades, caso a ...

Ler mais
Noticias

A empresa pode fazer perguntas sobre signo e mapa astral em entrevista de emprego?

O advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica se uma empresa pode ou não checar o signo durante o processo se...

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

- 21/09/23

O Trabalhador por aplicativo tem direitos?

Direto ao ponto - Marcelo Mascaro

Ler mais
- 16/08/23

Acordo coletivo prevalece sobre convenção coletiva?

Marcelo Mascaro Convenções e acordo coletivos têm como finalidade com...

Ler mais
- 25/05/23

A equiparação salarial entre empregados de diferentes empresas de grupo econômico

A equiparação salarial é uma decorrência lógica dos princípios da igualdade e da não discriminação. Ela está prevista no a...

Ler mais
Banheiro de local de trabalho
Mascaro na Exame - 29/07/22

A empresa pode restringir a ida ao banheiro de seus empregados?

Ler mais