Noticias - 15/07/2021

A reforma trabalhista deixa mais fácil o saque do FGTS?

A reforma trabalhista deixa mais fácil o saque do FGTS?

O FGTS pode ser sacado pelo trabalhador em diversas hipóteses. Por exemplo, entre outras situações, na dispensa sem justa causa, término de contrato por prazo determinado, extinção da empresa, aposentadoria, alguns casos de desastre natural, idade igual ou superior a 70 anos, existência de algumas doenças graves, ou na aquisição da casa própria.
 
No caso do trabalhador ser dispensado do emprego sem justa causa, a Caixa Econômica Federal exige que, para sacar o FGTS, ele apresente sua carteira de trabalho com a anotação do término do contrato de trabalho e o termo de homologação da rescisão.
 
Atualmente, a CLT prevê também que a quitação das verbas rescisórias do empregado dispensado com mais de um ano de serviço deva ser homologada pelo sindicato da categoria profissional ou pelo Ministério do Trabalho. Trata-se de uma forma de se verificar se as verbas pagas na rescisão estão corretas.
 
A reforma trabalhista, que entra em vigor em 11 de novembro de 2017, por sua vez, acaba com a necessidade da homologação do termo de rescisão do contrato de trabalho no caso de dispensa do empregado, independentemente do seu tempo de serviço.
 
Com isso, para sacar o FGTS, bastará o trabalhador dispensado sem justa causa apresentar sua carteira de trabalho, com a anotação do término do contrato, perante a Caixa Econômica Federal, e o empregador fazer a comunicação da dispensa ao órgão competente. 
 
Assim, a mudança, por um lado, elimina a garantia que o trabalhador tinha de ter verificada de forma gratuita os valores da rescisão contratual, mas, por outro, simplifica o saque do FGTS, uma vez que não será mais necessário o termo de rescisão homologado.

Fonte: 
http://exame.abril.com.br/carreira/a-reforma-trabalhista-deixa-mais-facil-o-saque-do-fgts/

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Pessoas de terno fazendo cumprimento com o cotovelo
Noticias

Empregados podem negar o retorno ao trabalho presencial?

Os funcionários que estavam em

Ler mais
Pessoa segurando uma taça de vinho, representando a profissão de sommelier
Legislação

Novas profissões: MTP reconhece 22 atividades na Classificação Brasileira de Ocupações

No início de 2022, o MTP (Ministério do Trabalho e Previdência) reconheceu  22 novas atividades na CBO (Classificação...

Ler mais
Pessoa contando um bolo de dinheiro
Noticias

Pis/Pasep 2022: será que você tem direito a receber o abono?

Os servidores públicos ou da iniciativa privada, com renda de até 2 salários mínimos mensais, têm o

Ler mais
Noticias

Gestante demitida no contrato de experiência não obtém reintegração

Gestante demitida no contrato de experiência não obtém reintegração

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

homem falando no radio ao trabalhar de vigia
Mascaro na Exame - 11/05/22

Vigia que trabalha desarmado tem direito ao adicional de periculosidade?

Ler mais
fachada da caixa economica federal onde as pessoas recebem o pis
Mascaro na Exame - 29/04/22

O que é PIS/PASEP e como recebê-lo?

Ler mais
empregado se sente reprimido pelo padrao estetico da empresa
Mascaro na Exame - 20/04/22

A empresa pode exigir certo padrão estético do empregado?

Ler mais
o que sao danos morais coletivos
Mascaro na Exame - 07/02/22

O que são danos morais coletivos? Advogado explica

Ler mais