artigos - 03/04/2024

Como os Fatores Ambientais podem interferir no resultado das Negociações Sindicais

Como sabemos existem diversas condições estruturais que interferem diretamente nos resultados válidos das negociações sindicais podendo, inclusive, modificar o seu resultado de forma impactante.

Entre estas condições estruturais podemos elencar a preparação, qualificação e postura do negociador, o relacionamento positivo com os sindicatos de empregados e de empregadores, o clima organizacional que se apresenta na empresa, a comunicação corporativa de impacto sindical, a estratégia negocial, o mercado de trabalho a situação econômica/financeira da própria empresa dentre outras mais.

Mas é importante observar que não são apenas as condições estruturais que interferem nos resultados de uma negociação sindical. Existem também as denominadas Condições Ambientais, que podem modificar e interferir nos objetivos que se pretende alcançar em uma negociação. 

Condições ambientais, como o próprio nome sugere, são situações que dizem respeito ao ambiente em que a negociação sindical irá acontecer, bem como o tempo, local, quantidade de negociadores, interlocução direta, ambiente físico, etc

Sem desejar fazer uma análise profunda sobre os itens destas condições ambientais, iremos explanar um pouco sobre cada um dos itens que compõem as denominadas condições ambientais, vejamos:

Local de negociação

É muito importante a escolha do local onde as negociações sindicais irão ocorrer. A melhor recomendação é que as mesmas sejam realizadas em um “campo neutro”, assim como, uma sala de hotel, instituição ou local que não sejam nem a empresa (nunca), ou tão pouco o sindicato dos trabalhadores. Uma opção válida que pode substituir o “campo neutro” anteriormente sugerido são as federações e confederações de classe (preferencialmente patronal).

 Ambiente físico

O ambiente físico é outra preocupação que se deve ponderar. Um local agradável, silencioso, climatizado e que em especial disponha de uma mesa que comporte os participantes sentados de maneira confortável. E ainda que permita que as partes negociantes sejam dispostas frente a frente. Isso possibilita uma melhor leitura corporal das pessoas com as quais você irá negociar.

Tempo das reuniões

É recomendável que as reuniões de negociações tenham uma duração de 1 hora. Mas jamais devem ultrapassar 2 ou 3 horas. Um tempo demasiado na mesa de negociação poderá causar as partes um forte stress e sugerir situações de crise, intolerância, irritabilidade, impaciência ou cansaço que certamente dificultará o fechamento positivo na negociação. Faça quantas reuniões forem necessárias, mas que sejam agradáveis e breves.

Tempo de negociação

Por vezes nos preocupamos com o tempo que a negociação irá demorar. É recomendável que o tempo de duração da negociação seja estabelecido de comum acordo com o sindicato de empregados. É relevante que respeitemos o “tempo” do sindicato laboral, que por várias razões (políticas e ou econômicas) poderá tentar acelerar ou postergar o tempo da negociação. Mas não devemos esquecer – no caso de convenção coletiva de trabalho – de estabelecer em conjunto com o mesmo sindicato a “garantia da data-base” caso o tempo de negociação ultrapasse a data base do reajuste salarial da categoria. Isso evita que nova data-base seja estabelecida em próximas negociações sindicais.

No próximo mês estaremos comentando as demais condições ambientais, a saber: 

  • Quem deve estar na mesa de negociação?
  • Quantidade de negociadores?
  • A vantagem de um Negociador profissional
  • Advogados na mesa de negociação?
  • Pauta positiva patronal
  • Introdução da reunião e relacionamento inicial

Muito Obrigado

Edno Martins

Advogado Especialista em Relações Trabalhistas e Sindicais

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Noticias

Trabalhador trans tem direito a usar qual banheiro na empresa?

Advogado trabalhista explica o que a lei atual defende sobre a disponibilidade de sanitários de ac...

Ler mais
Noticias

Como combater o assédio moral no ambiente de trabalho?

Em artigo, o advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica como atender a lei e manter um ambiente de trabalho seguro e sau...

Ler mais
Noticias

Igualdade salarial entre homens e mulheres: a empresa precisa comprovar? Como?

Advogado trabalhista explica como as companhias devem se posicionar para cumprir a lei e as possíveis penalidades, caso a ...

Ler mais
Noticias

A empresa pode fazer perguntas sobre signo e mapa astral em entrevista de emprego?

O advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica se uma empresa pode ou não checar o signo durante o processo se...

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

- 21/09/23

O Trabalhador por aplicativo tem direitos?

Direto ao ponto - Marcelo Mascaro

Ler mais
- 16/08/23

Acordo coletivo prevalece sobre convenção coletiva?

Marcelo Mascaro Convenções e acordo coletivos têm como finalidade com...

Ler mais
- 25/05/23

A equiparação salarial entre empregados de diferentes empresas de grupo econômico

A equiparação salarial é uma decorrência lógica dos princípios da igualdade e da não discriminação. Ela está prevista no a...

Ler mais
Banheiro de local de trabalho
Mascaro na Exame - 29/07/22

A empresa pode restringir a ida ao banheiro de seus empregados?

Ler mais