Noticias - 15/07/2021

Covid-19: Não voltar ao trabalho pode levar à demissão por justa causa?

Covid-19: Não voltar ao trabalho pode levar à demissão por justa causa?

Por Marcelo Mascaro Nascimento, sócio do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista e diretor do Núcleo Mascaro
 
Todo empregado tem direito a executar o serviço em um ambiente de trabalho seguro. Caso isso não ocorra, a legislação trabalhista permite a recusa em comparecer ao trabalho, se for constatada uma situação que envolva risco grave e iminente para a sua vida e saúde.
 
Apesar disso, o risco que permite a recusa ao trabalho é aquele que ultrapassa o socialmente aceito e pode variar, conforme as circunstâncias. Na atual conjuntura da pandemia da Covid-19, as autoridades públicas têm definido parâmetros de reabertura da atividade econômica e regras a serem seguidas pelos diversos estabelecimentos.
 
Dessa forma, considera-se que a obediência a esses parâmetros e regras resultam na diminuição do risco de contágio da Covid-19 e, portanto, a empresa que segue as normas estipuladas pelo Poder Público não expõe a saúde de seus colaboradores a risco grave e iminente, já que as próprias autoridades definiram esses parâmetros como aceitáveis.
 
Assim, será considerada como falta não justificada a ausência do empregado que não retornar ao trabalho, após a empresa se adequar às exigências para a retomada da atividade econômica. Como consequência, ele terá o dia de trabalho descontado e poderá sofrer como punição uma advertência ou suspensão.
 
Além disso, se, depois de sofrer uma suspensão, o trabalhador, ainda assim, não retornar ao serviço, ele poderá ser dispensado por justa causa.
 
Se, porém, o meio ambiente de trabalho não estiver de acordo com os parâmetros definidos pelo Poder Público, a recusa em retornar ao trabalho será considerada legítima e o empregado não poderá sofrer nenhuma punição em razão disso.
 

Fonte: Exame.com, 02/07/2020

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Pessoas de terno fazendo cumprimento com o cotovelo
Noticias

Empregados podem negar o retorno ao trabalho presencial?

Os funcionários que estavam em

Ler mais
Pessoa segurando uma taça de vinho, representando a profissão de sommelier
Legislação

Novas profissões: MTP reconhece 22 atividades na Classificação Brasileira de Ocupações

No início de 2022, o MTP (Ministério do Trabalho e Previdência) reconheceu  22 novas atividades na CBO (Classificação...

Ler mais
Pessoa contando um bolo de dinheiro
Noticias

Pis/Pasep 2022: será que você tem direito a receber o abono?

Os servidores públicos ou da iniciativa privada, com renda de até 2 salários mínimos mensais, têm o

Ler mais
Noticias

Gestante demitida no contrato de experiência não obtém reintegração

Gestante demitida no contrato de experiência não obtém reintegração

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

homem falando no radio ao trabalhar de vigia
Mascaro na Exame - 11/05/22

Vigia que trabalha desarmado tem direito ao adicional de periculosidade?

Ler mais
fachada da caixa economica federal onde as pessoas recebem o pis
Mascaro na Exame - 29/04/22

O que é PIS/PASEP e como recebê-lo?

Ler mais
empregado se sente reprimido pelo padrao estetico da empresa
Mascaro na Exame - 20/04/22

A empresa pode exigir certo padrão estético do empregado?

Ler mais
o que sao danos morais coletivos
Mascaro na Exame - 07/02/22

O que são danos morais coletivos? Advogado explica

Ler mais