Noticias - 15/07/2021

Os direitos dos funcionários que têm união homoafetiva – explicação de Sônia Mascaro Nascimento ao Portal Exame

Os direitos dos funcionários que têm união homoafetiva – explicação de Sônia Mascaro Nascimento ao Portal Exame

Homens de mãos dadas: não pode haver diferenciação na concessão de benefícios entre pessoas hetero ou homoafetivas 

Dúvida: Sou casado com pessoa do mesmo sexo, posso incluir meu parceiro no plano de saúde da empresa? E no caso da pensão por morte?
 
Resposta de Sônia Mascaro Nascimento, sócia do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista e diretora do Núcleo Mascaro.
 
Desde decisão do STF, em maio de 2011, o casamento homoafetivo é reconhecido no Brasil. Isso significa que não há diferença entre a união de uma mulher e um homem ou entre pessoas do mesmo sexo. Como consequência, em 14 de maio de 2013, o CNJ editou a Resolução n. 175, que proíbe os cartórios recusarem a celebração de casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.
 
Assim, quando a empresa oferece benefícios aos cônjuges de seus funcionários, não pode haver diferenciação entre pessoas hetero ou homoafetivas. Se a empresa possibilita a inclusão de cônjuge no plano de saúde, tal inclusão deve ser autorizada, independentemente de se tratar de união entre pessoas de sexos diferentes ou não.
 
Da mesma forma, não pode haver discriminação na concessão da pensão por morte, não importando o sexo do cônjuge do segurado falecido. Para o recebimento da pensão por morte basta o cônjuge do mesmo sexo do segurado falecido apresentar perante o INSS sua certidão de casamento ou, na hipótese de união estável, documentos que a comprove. 
 
Fonte: http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/os-direitos-de-funcionarios-em-uniao-homoafetiva


 

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Noticias

Trabalhador trans tem direito a usar qual banheiro na empresa?

Advogado trabalhista explica o que a lei atual defende sobre a disponibilidade de sanitários de ac...

Ler mais
Noticias

Como combater o assédio moral no ambiente de trabalho?

Em artigo, o advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica como atender a lei e manter um ambiente de trabalho seguro e sau...

Ler mais
Noticias

Igualdade salarial entre homens e mulheres: a empresa precisa comprovar? Como?

Advogado trabalhista explica como as companhias devem se posicionar para cumprir a lei e as possíveis penalidades, caso a ...

Ler mais
Noticias

A empresa pode fazer perguntas sobre signo e mapa astral em entrevista de emprego?

O advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica se uma empresa pode ou não checar o signo durante o processo se...

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

- 21/09/23

O Trabalhador por aplicativo tem direitos?

Direto ao ponto - Marcelo Mascaro

Ler mais
- 16/08/23

Acordo coletivo prevalece sobre convenção coletiva?

Marcelo Mascaro Convenções e acordo coletivos têm como finalidade com...

Ler mais
- 25/05/23

A equiparação salarial entre empregados de diferentes empresas de grupo econômico

A equiparação salarial é uma decorrência lógica dos princípios da igualdade e da não discriminação. Ela está prevista no a...

Ler mais
Banheiro de local de trabalho
Mascaro na Exame - 29/07/22

A empresa pode restringir a ida ao banheiro de seus empregados?

Ler mais