Noticias - 15/07/2021

Por “equilíbrio entre segurança e considerações culturais”, polêmico véu islâmico é autorizado nos Jogos: artigo de Jean Nicolau

Por “equilíbrio entre segurança e considerações culturais”, polêmico véu islâmico é autorizado nos Jogos: artigo de Jean Nicolau

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e a antes reticente Federação Internacional de Judô (FIJ) autorizaram nesta terça-feira o uso do véu islâmico nas Olimpíadas de Londres. Um comunicado da FIJ esclareceu que a solução adotada garante o “equilíbrio entre segurança e considerações culturais”, mas não deu detalhes sobre a peça a ser utilizada durante os Jogos.

Com isso, a judoca saudita Wodjan Shahrkhani está confirmada na disputa para atletas com mais de 78 Kg, na próxima sexta-feira. Ela havia declarado que não participaria dos Jogos sem o adereço. Em solidariedade à atleta, o comitê da Arábia Saudita também cogitou retirar-se de todas as competições em caso de negativa das federações esportivas.

Se o véu já fora utilizado em outras competições olímpicas, como o tiro, o mesmo nunca ocorreu no judô. O caso Shahrkhani cria um precedente e a lutadora poderá “cobrir a cabeça com algo que não comprometa sua segurança”, segundo a porta voz do COI. Sem utilizar o termo véu, ela explicou que esta “cobertura” é utilizada em competições na Ásia.

Ao final, uma solução aparentemente conciliadora que, no entanto, opõe-se frontalmente às normas da modalidade (os combatentes devem se apresentar no tatami com a cabeça descoberta) e repercute negativamente perante organizações não governamentais como Liga Internacional das Mulheres.

A associação, que luta desde os anos 80 contra discriminações às mulheres, protestou contra uma liberação que violaria a Carta Olímpica em nome de interesses políticos e econômicos. Políticos por evitar confronto direto com países islâmicos; e econômicos pelo desejo de abrir novos mercados e fomentar o consumo de equipamentos compatíveis com a prática do esporte por muçulmanas.
Efetivamente, a regra 50 da Carta Olímpica proíbe o porte de símbolos religiosos ou políticos. Sem falar no juramento olímpico, que reconhece os membros das federações nacionais como “embaixadores dos valores universais”…

Vale lembrar o que aconteceu com os atletas que apoiaram os Panteras Negras, nos Jogos de 1986. Por terem levado ao pódio luvas pretas em alusão ao grupo político, os corredores Tommie Smith e John Carlos foram banidos do esporte.
Os casos são bem diferentes. Mas, certamente, a legitimidade jurídica da decisão do COI é bem menos evidente do que sua inteligência do ponto de vista prático.


Fonte:  http://www.gazetaesportiva.net/blogs/jeannicolau/2012/07/31/por-“equilibrio-entre-seguranca-e-consideracoes-culturais”-polemico-veu-islamico-e-autorizado-nos-jogos/

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Pessoas de terno fazendo cumprimento com o cotovelo
Noticias

Empregados podem negar o retorno ao trabalho presencial?

Os funcionários que estavam em

Ler mais
Pessoa segurando uma taça de vinho, representando a profissão de sommelier
Legislação

Novas profissões: MTP reconhece 22 atividades na Classificação Brasileira de Ocupações

No início de 2022, o MTP (Ministério do Trabalho e Previdência) reconheceu  22 novas atividades na CBO (Classificação...

Ler mais
Pessoa contando um bolo de dinheiro
Noticias

Pis/Pasep 2022: será que você tem direito a receber o abono?

Os servidores públicos ou da iniciativa privada, com renda de até 2 salários mínimos mensais, têm o

Ler mais
Noticias

Gestante demitida no contrato de experiência não obtém reintegração

Gestante demitida no contrato de experiência não obtém reintegração

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

homem falando no radio ao trabalhar de vigia
Mascaro na Exame - 11/05/22

Vigia que trabalha desarmado tem direito ao adicional de periculosidade?

Ler mais
fachada da caixa economica federal onde as pessoas recebem o pis
Mascaro na Exame - 29/04/22

O que é PIS/PASEP e como recebê-lo?

Ler mais
empregado se sente reprimido pelo padrao estetico da empresa
Mascaro na Exame - 20/04/22

A empresa pode exigir certo padrão estético do empregado?

Ler mais
o que sao danos morais coletivos
Mascaro na Exame - 07/02/22

O que são danos morais coletivos? Advogado explica

Ler mais