Noticias - 15/07/2021

Por que a nova modalidade de regime de trabalho é tão criticada?

Por que a nova modalidade de regime de trabalho é tão criticada?

Dúvida: Por que o regime de trabalho intermitente recebe tantas críticas, do ponto de vista da “precarização” das condições de trabalho?

Resposta de Marcelo Mascaro Nascimento, sócio do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista e diretor do Núcleo Mascaro
 
O contrato de trabalho intermitente é uma nova forma de contratação do trabalho que tem gerado algumas críticas e dúvidas. Nele, o empregador deve convocar o trabalhador para a prestação do serviço com antecedência mínima de três dias e, uma vez recebida a comunicação, o trabalhador tem o prazo de um dia para responder se aceita ou não o chamado.
 
O empregado não é obrigado a aceitá-lo, mas só é remunerado pelas horas efetivamente trabalhadas, sendo-lhe garantidos o repouso semanal remunerado, as férias e o 13º salário proporcionais ao tempo trabalhado.
 
Assim, no trabalho intermitente o empregador convoca o trabalhador conforme a necessidade do serviço, não havendo uma prévia definição de quando o trabalho será prestado. Dessa forma, trata-se de uma ruptura com a clássica forma de relação de emprego: nesta, o empregado tem definido de antemão os dias e horários em que irá trabalhar, independentemente da necessidade do serviço.
 
Em razão disso, há quem entenda que o trabalho intermitente é uma forma de “precarização” das relações de trabalho.  Isso porque o trabalhador ficaria em uma situação de relativa insegurança quanto à remuneração que iria receber ao final do mês, dificultando seu planejamento financeiro. Pode-se, por exemplo, chegar ao caso de não haver nenhum chamado do empregador no mês.
 
Também as empresas têm apresentado certo receio na contratação dessa forma de trabalho. Uma vez que se trata de espécie nova, ainda pairam muitas dúvidas sobre sua aplicação na prática e qual será o entendimento dos tribunais a respeito, gerando certa insegurança jurídica.
 
Essas dúvidas, porém, ainda deverão persistir a médio prazo, pois somente após um posicionamento mais vasto da jurisprudência sobre o assunto é que se poderá contar com maior previsibilidade.

Fonte: https://exame.abril.com.br/carreira/por-que-a-nova-modalidade-de-regime-de-trabalho-e-tao-criticada/

 

Compartilhe

Dr. Marcelo Mascaro

Advogado do Trabalho, CTO

Blog Mascaro

As tendências, oportunidades e novidades das áreas dos direitos do trabalho e cível, de gestão de pessoas e de cálculos trabalhistas e previdenciários

Noticias

Trabalhador trans tem direito a usar qual banheiro na empresa?

Advogado trabalhista explica o que a lei atual defende sobre a disponibilidade de sanitários de ac...

Ler mais
Noticias

Como combater o assédio moral no ambiente de trabalho?

Em artigo, o advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica como atender a lei e manter um ambiente de trabalho seguro e sau...

Ler mais
Noticias

Igualdade salarial entre homens e mulheres: a empresa precisa comprovar? Como?

Advogado trabalhista explica como as companhias devem se posicionar para cumprir a lei e as possíveis penalidades, caso a ...

Ler mais
Noticias

A empresa pode fazer perguntas sobre signo e mapa astral em entrevista de emprego?

O advogado trabalhista Marcelo Mascaro explica se uma empresa pode ou não checar o signo durante o processo se...

Ler mais

Direto ao Ponto

por Dr. Marcelo Mascaro

Advogado com experiência e conhecimento, atuando na área há mais de 25 anos, Marcelo Costa Mascaro Nascimento mantém viva a tradição e a referência do nome Mascaro Nascimento.

- 21/09/23

O Trabalhador por aplicativo tem direitos?

Direto ao ponto - Marcelo Mascaro

Ler mais
- 16/08/23

Acordo coletivo prevalece sobre convenção coletiva?

Marcelo Mascaro Convenções e acordo coletivos têm como finalidade com...

Ler mais
- 25/05/23

A equiparação salarial entre empregados de diferentes empresas de grupo econômico

A equiparação salarial é uma decorrência lógica dos princípios da igualdade e da não discriminação. Ela está prevista no a...

Ler mais
Banheiro de local de trabalho
Mascaro na Exame - 29/07/22

A empresa pode restringir a ida ao banheiro de seus empregados?

Ler mais