Lei exclui aplicação da CLT para atividades de direção, assessoramento aos órgãos partidários e suas fundações

A Lei 13.877/2019 acrescenta a alínea “f” ao artigo 7º da CLT e exclui a aplicação das normas celetistas aos trabalhadores em atividades de direção e assessoramento nos órgãos, institutos e fundações dos partidos, assim definidas em normas internas de organização partidária.

Compartilhe